Representante de funerárias convida Bolsonaro a ser coveiro e cita colapso

638

O presidente da Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário (Abredif), Lourival Panhozzi, convidou o presidente Jair Bolsonaro para ser coveiro por um dia. Panhozzi falou do descontrole no número de óbitos por Covid-19 e que o Brasil vive à beira de um colapso. O assunto foi destaque em entrevista na CNN Brasil, nesta sexta-feira (12).

Lourival convidou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ser coveiro “só por um dia para para ter a real noção do que está acontecendo no Brasil”. De acordo com ele as funerárias já trabalham com o dobro de óbitos registrados em dias normais.

“O nosso setor está sendo testado ao limite. Várias regiões já estão trabalhando em sua capacidade máxima. E, se não forem tomadas medidas urgentes de contenção, contra o descontrole no aumento de casos, nós vamos ter um cenário muito preocupante. Estamos à beira do colapso. Estamos suportando, temos limites, mas é bom que a sociedade não teste o nosso limite”, disse Lourival Panhozzi.


COMENTÁRIOS