Israel começa o retorno a normalidade, após vacinar mais da metade da população

427
Benjamin Netanyahu, Primeiro-ministro de Israel

Israel reabriu parte da economia, depois que mais de 50% da população recebeu pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

A rotina está voltando ao normal no país asiático. Mas, para ter acesso a locais de lazer, como teatros e academias é preciso estar vacinado ou recuperado da doença com imunidade presumida, através da apresentação do chamado “Passe Verde” disponível em um aplicativo do Ministério da Saúde.

Os parques reabriram, as escolas receberam alunos, os bares e shoppings estão funcionando.

Qual a receita de Israel?

Em dezembro passado, o governo israelense estabeleceu um forte lockdown, junto a este recurso, já vacinou 4,8 milhões de um total de 9 milhões de habitantes, apesar da resistência de judeus ultraortodoxos, que recusam a vacina, além disto, há testagens em massa e gratuitas e uma população.


COMENTÁRIOS